Meu Namorado é Um Zumbi

A trama conta a história de R – um zumbi que se apaixona por uma humana.

O longa é a adaptação do livro “Sangue Quente”.

Pra saber todos os detalhes do filme e do livro, clique aqui.

Meu namorado é um zumbi
Comédia romântica
EUA, 2013
Direção: Jonathan Levine
Elenco: Nicholas Hoult, Teresa Palmer, John Malkovich, Analeigh Tipton, Rob Corddry, Dave Franco, Cory Hardrict
Duração: 98 min
Classificação: 10 anos 1

Quando pensamos em assistir a um filme de zumbis, logo nos vêm à cabeça seres (mortos obviamente!) nojentos, que caminham desengonçados grunhindo à procura de cérebros, certo? Bem, não se você for ver “Meu namorado é um zumbi” – longa que estreou em primeiro lugar nas bilheterias norte-americanas e chega às telonas dia 8, no Brasil.

Meu namorado é um zumbi” é uma produção baseada no livro “Sangue Quente” (Worm Bodies), que por aqui foi publicado pela editora LeYa.

E aí temos histórias bem diferentes: enquanto o livro “Sangue Quente” tem cenas de suspense e até nojentas; o filme é uma comédia romântica teen carregada de humor.

A trama gira em torno do R -, um zumbi que não se lembra do nome que tinha quando era vivo, e que é um morto-vivo no maior estilo galã, interpretado por Nicholas Hoult.

R “vive” dentro de um avião, num aeroporto abandonado e sai às vezes com seu bando em busca de seres-humanos refugiados na cidade para poder se alimentar de seus cérebros.

Em uma dessas emboscadas para comer cérebro humano, R encontra Julie, vivida por Teresa Palmer – atriz que tem fortes semelhanças com a nossa já conhecida Kristen Stewart, a Bella de Crepúsculo.

Mas, quando R se aproxima de Julie, o que acontece? Ele a morde? Come seu cérebro? Ele a mata sem piedade? Nãooooo! -, R apaixona-se perdidamente por Julie e a salva de virar comida de seus companheiros medonhos -, e é aí que começa a aventura do casal formado por um “zumbi-galã” e a “mocinha-loirinha-indefesa”.

Como quase todas as adaptações de livros para as telonas, rolaram muitas mudanças. As cenas descritas na obra “Sangue Quente” são bem mais fortes, tem até a descrição de dois zumbis fazendo sexo (nojentoooo!), e isso, é claro, não aparece no filme, já que a proposta é ser uma produção infanto-juvenil.

2

Se você espera ver um ataque zumbi cheio de ação, esqueça também! Mesmo as cenas dos zumbis lutando contra seres-humanos é censurada e não mostra quase nada de nojento tampouco assustador.

Também não espere uma superprodução com cenas de um mundo pós-apocalíptico – realmente esse não é o foco.

O plano principal da trama é o romance entre seres tão distintos. Só. Nada de maquiagens-zumbi mirabolantes ou efeitos especiais…

Agora, se você vai ao cinema para dar risada e curtir com essa “moda de zumbis” que foi intensificada pelo sucesso de The Walking Dead, esse é o momento e o longa cumpre muito bem o papel de divertir e entreter.

Meu namorado é um zumbi” tem todos os elementos de uma boa comédia romântica com uma trilha sonora bem legal e boas sacadas!

3

Minha recomendação é de que você leia o livro “Sangue Quente” e assista “Meu namorado é um zumbi” – só assim você verá que são duas produções bem distintas com objetivos de atingir públicos diferentes.

 

poster

Fonte: MixFM

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem!